PROTECÇÃO PESSOAL

Cuidado com exposições prolongadas / Evite dormir perto do telefone quando este estiver ligado
As mulheres grávidas estão em maior risco / As crianças são mais vulneráveis

O patch Universal Clean-Waves foi projectado para proteger o biológico (utilisador) das ondas eletromagnéticas (E.M.) geradas por todos os transmissores sem fio.

Basta aplicar o patch no dispositivo para que ele emita uma onda compensada, chamada de onda antídoto, que é biologicamente removida da onda poluidora (chamada em fase).

Devido ao seu pequeno tamanho, ele é particularmente adequado para todos os dispositivos portáteis emissores de ondas electromagnéticas (EM), tais como smartphones, telefones sem fio (DECT), GPS. Mas também pode usá-lo em laptops e desktops, tablets, altifalantes sem fio, « players de streaming » multimédia (como chromecast), etc.

– Dimensões: 25 mm, espessura < 0,25 mm
– É composto por 8 módulos de antenas passivas multicamadas feitas de material flexível.
– Certificado de garantia de qualidade AFAQ ISO 9001- UL USA
– Garantia de funcionamento vitalícia.
– Patente Mundial da OMPI
– Tecnologia francesa

PROTECÇÃO PROFISSIONAL

Encontre a serenidade e o bem-estar no trabalho

Protege o biológico de ondas electromagnéticas (EM) emitidas pelas boxes wifi, amplificadores, contadores Linky, etc.

– Protecção dos terminais WIFI / Amplificador / Contador inteligente
– 55 mm de diâmetro, 336 módulos em multicamadas
– Material macio de 0,5 mm de espessura

Amplificador de sinal desfasado para Patch WIFI de acesso PRO.
Permite a protecção de deslocamento de fase a um ambiente correspondente a um apartamento, casa, escritório ou instalação comercial.

– Amplificador de sinal para patch WIFI HOTSPOTS
– 110 mm de diâmetro 336 módulos em multicamadas
– Material macio de 0,5 mm de espessura

EMPREGADORES E EMPREGADOS

Fadiga / Dores de cabeça / Zumbido / Dor no nervo auditivo

IMPORTANTE

Directiva europeia que obriga os empregadores a protegerem os seus trabalhadores dos riscos relacionados com a exposição a ondas electromagnéticas

A nova Directiva 2013/35/UE refere essencialmente as obrigações do empregador descritas na directiva anterior (obrigação de avaliar os níveis de exposição, introdução de medidas para evitar ou reduzir os riscos, informação e formação dos trabalhadores), mas introduz alterações nos valores-limite de exposição e nos valores que desencadeiam a acção preventiva. Por último, exige que os Estados-Membros a transponham para o direito nacional até 1 de julho de 2016, o mais tardar. A França foi o primeiro país a adotar legislação nesta área, uma lei aprovada pela Assembleia Nacional em 10 de fevereiro de 2015, para limitar a exposição às ondas eletromagnéticas.

Se o bom senso nos leva a limitar o nosso uso diário, o facto de estarmos expostos, ou mesmo sobre-expostos, a ondas electromagnéticas, é uma questão de saúde pública. Dependendo da sensibilidade das pessoas, da intensidade do campo, do tempo de exposição ou do momento de exposição (dia ou noite), mesmo em frequências muito baixas, as ondas desequilibram o nosso corpo, agravam a fadiga, o stress e atraem a nossa energia.

INRS (Institut National de la Recherche et la Sécurité) ficheiro de campos electromagnéticos

Interpretação da directiva europeia no direito francês

Leia mais sobre ele